“Tua lembrança” (21/02/2011)

Há um sonho que não me deixa
Ele não se limita as madrugadas
Segue como sombra meus passos
Disfarça-se silenciosamente nos meus suspiros
Tua imagem é mais real que gostaria
O sentimento mais forte que imaginava
Ele me descreve em teus braços
Concede o beijo que me nega
São inúmeras variáveis favoráveis
Nenhuma aceita pela realidade
Mesmo de posse do impossível
Traio minha razão com você
Sem me importar com o sorriso ilusório
Sempre haverá um pedaço de mim
Incapaz de lhe negar o sim
O pedaço que você levou

Ass: Danilo Mendonça Martinho

16 comentários em ““Tua lembrança” (21/02/2011)

  1. Depois de td que passei esse final de semana… em como vi desmoronar em vários pedaços tds os momentos felizes que tive… vem esse texto maravilhoso que parece ter sido extraído da minha alma…

    Curtir

  2. “Sempre haverá um pedaço de mimIncapaz de lhe negar o sim”Sempre haverá, pois se arrancar violentamente esse pedaço, como vezes tentei fazer, arrancarei uma das partes nas belas do meu ser e o vazio de nada me servirá.É uma honra e uma doce alegria te ler, poeta!Beijo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s