“Tua lembrança” (21/02/2011)

Há um sonho que não me deixa
Ele não se limita as madrugadas
Segue como sombra meus passos
Disfarça-se silenciosamente nos meus suspiros
Tua imagem é mais real que gostaria
O sentimento mais forte que imaginava
Ele me descreve em teus braços
Concede o beijo que me nega
São inúmeras variáveis favoráveis
Nenhuma aceita pela realidade
Mesmo de posse do impossível
Traio minha razão com você
Sem me importar com o sorriso ilusório
Sempre haverá um pedaço de mim
Incapaz de lhe negar o sim
O pedaço que você levou

Ass: Danilo Mendonça Martinho

16 comentários em ““Tua lembrança” (21/02/2011)

  1. “Sempre haverá um pedaço de mimIncapaz de lhe negar o sim”Sempre haverá, pois se arrancar violentamente esse pedaço, como vezes tentei fazer, arrancarei uma das partes nas belas do meu ser e o vazio de nada me servirá.É uma honra e uma doce alegria te ler, poeta!Beijo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s