“Carta Final” (22/08/2010)



Meus amores, meus amigos
É uma tarde quente de domingo
Um agosto sem precedentes
Uma vida saturada
Um sufocante peso no peito
Poucas são as soluções
Pensei em telefonemas
Mas voltei-me ao papel
Onde espero arrancar os aparelhos
Cansei de estender as palavras
O apito intermitente me irrita
Não há mais ninguém no quarto
Tranquei a esperança lá fora
Agora é apenas uma questão de tempo
As estrofes vão começar a encurtar
Me faltará uma palavra no verso
O âmago se esvazia
A alma se encolhe
E a lágrima marca o ponto final
O sentimento acabou

Ass: Danilo Mendonça Martinho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s