“Tudo a seu tempo” (14/03/2019)

 

Nunca pensei que uma frase que usava quando criança, algumas vezes de brincadeira, outras como justificativa para apaziguar minha mãe diante uma tarefa não cumprida, poderia ser tão fundamental na minha vida aos 30. Até mesmo nas aulas de violão sigo acelerando o ritmo, saindo do compasso. Sinais de uma pressa pela qual o sonho não se interessa e continua a se esquivar. Paciência, palavra que demora até para escrever, que arrasta pela folha, que já dá formigamento nos pés, mas que principalmente tira o peso, diz que está tudo bem para aqueles que querem escutar. Como é difícil passar o dia sem a sensação do ócio, de horas perdidas, de falhar. Como é difícil notar que nossas expectativas, são só nossas, e não há ninguém esperando, cobrando, querendo mais. Que vários minutos no sofá, que o almoço que acabamos pedindo fora, que a poesia que ficou incompleta, não são de forma alguma o fim do mundo. A vida em sua divisão mais simples que podemos chegar foi feita para respirar. Então o faça, pegue o máximo e ar que puder e…………………solte. Sinta, sem pressa, teu corpo, teus pés no chão, as batidas do seu coração. Sinta a vida fluindo por você e ao seu redor, ouça a natureza, mesmo você que mora na cidade. Aproveite esse momento sublime para se distanciar até mesmo dos teus sonhos. Viver é livre. Abrace, envolva, seja. Quando voltar a abrir os olhos lembre de levar essa cadência. Deixe o tempo ser, e se preocupe em ser você.

 

Para vocês sempre saberem que os amo (12/03/2019)

Vai ser um mundo de saudades
Essa terra tem muito canto
Para um coração só

Não consigo encher os olhos de lágrimas
Tenho confiança plena na felicidade
O começo de uma paz

Não falta um centímetro de amor
Aprendi a fazer por você o que fez por mim
Entrega sem pensar em si

Quando a gente olha para trás
É só para certificar o que é de cada um
E o que você deixou em mim já é muito

No fim o que é a distância
Se não uma medida para quem esquece
Não deixaremos de ser esse abraço

Voa como tantos já voaram
Se permita antes que seja tarde
E deixa que eu cuido da saudade

 

“A não-explicação”

Eu não saberia te dizer como. Poucas pessoas saberiam. Mas tudo pode ser melhor. Você não vai mudar de emprego, ganhar na loteria, conhecer a mulher dos seus sonhos, e mesmo assim vai se sentir bem. Você estará cansado, distante das suas conquistas, perto de desistir, sobrevivendo a cada suspiro. Ainda assim vai dormir em paz. O desespero de querer, o desejo que não sai da cabeça, a obsessão por uma saída; Tudo diluído pelos dias, sem relevância, sem te atrapalhar. Antes que você confunda com fé vou te dizer que é confiança. A diferença é simples, na confiança você acredita no seu coração, na sua atitude, nos seus sonhos, nos seus valores; E você sabe que independente de resultados, ficará em paz e eventualmente chegará nos seus objetivos. É incoerente, é paradoxal, é improvavelmente possível. Seja, siga, confie!

 

Uma mensagem de áudio

Gravo no meio de uma loucura
Dirijo em uma tempestade intensa
Mas o que me preocupa mais inunda aqui dentro
Eu sabia o caminho dessa estrada quando tudo começou
Mas quando o norte é o coração
O horizonte pode se perder muito rápido
Eu vivi meus melhores dias intensamente
Sem a consciência para aproveitá-los plenamente
Eu amei, sofri, eu aprendi
Mas como essa chuva que me pegou no meio da tarde
Ancorei toda minha vida
Uma decepção, um fracasso, uma palavra
Fiz do meu inconsciente um armário de mágoas
Está na hora de tudo isso acabar
Se a imaginação é livre por que prendê-la no passado?
Sempre tive sonhos tão lindos
Porque abandoná-los agora?
A questão nem é realizá-los
Mas se imaginar melhor, possível, feliz
Tudo começa nessas crenças involuntárias
Depositadas no fundo de nosso âmago
Na parte escondida de nossas mentes
Eu vou limpar as prateleiras
Com raiva, com ódio, com choro
Aqui nesse coração vou guardar o que é bom
E vou imaginar aquilo que é melhor ainda
Vou perder horas olhando pro infinito
Mas um que vai valer a pena se admirar

Então você me diga que tudo e impossível
Que você me conte que não há segredo
Que você me revele que não há saída
Não fará diferença o final
Sabendo viver a vida