“Prioridades”

A gente sonha
A gente imagina
E o poeta se perde
Nos véus do horizonte
Criando esperanças
Pintando futuros
Polindo a realidade
…Fuga ou motivação?

O controle da palavra
É um privilégio
Todos queremos certeza
Dar a nossa direção
Vencer, terminar, chegar
Amar, sorrir, abraçar
Arquitetar nossos passos
E seguir até o fim
…ingenuidade ou ilusão?

Os pés no chão
Os olhos no mar
A lágrima no rosto
O peito aberto
O tempo que corre
O abraço eterno
A verdade na língua
O amor no bolso
Na confusão e paradoxos
O que me esqueço…
Nas entrelinhas?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s