“Ensaio sobre o perdão”

Dote dos grandes
Dom dos raros
Humanidade em gestos
Teu coração cabe?

Aprender a ser dor
Tirar o pedaço que não é teu
Fazer paz de feridas
Viver do retalho
Dar abrigo as sobras
Será que satisfaz?

Diante teu opressor
Apagada a ilusão do sonho
Servido o cru dos corpos
Abre-se mão do querer?
Ou dissipa-se o interesse?

Penso que perdôo
Pelas virtudes que vencem
Mas não posso fechar os olhos
A tudo que não me importa
A culpa e o rancor
São laços de união
E a ausência do perdão
O que te mantém no aqui

Ass: Danilo Mendonça Martinho

12 comentários em ““Ensaio sobre o perdão”

  1. Lindo demais ! Estava no mundo sufocante do twitter quando vi teu link e resolvi ler.Gostei demais, nada como a beleza das palavras.A diferença, a beleza, como palavras podem ser usadas para nada e podem ser usadas para criar lindos poemas como este.

    Curtir

  2. Querido, pensei que tinha me esquecido,rs.Perdoar é um dom assim como escrever (e o dom de escrever ,você sabe e domina muito bem)…só tenho 15 aninhos,rs. Mas espero aprender muito contigo.Beijo.

    Curtir

Deixe uma resposta para Karla Thayse Mendes Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s