“Nunca pensei” (06/10/2011)

Um dia o espelho vence
Revoga a ideia de si
Um olhar sem parcialidade
Que nos julga comuns
A construção só de ideais
Não sobrevive a realidade
As diferenças nos desprevinem
A distância, mera ilusão
Somos todos nossos nuncas
Os mesmos erros dos nossos pais
A face do nosso inimigo
Um dia reflete em nós
É chocante nos ver réus
Vítimas da própria consciência
Não precipite acusações
Ninguém é inocente
Desmoronada nossa imagem
Revela-se apenas o humano
A parte que ninguém imaginava

Ass: Danilo Mendonça Martinho

13 comentários em ““Nunca pensei” (06/10/2011)

  1. Dentro de nós sempre há a possibilidade do céu ou do caos.Ps: Que barato! Não sei se era essa a intenção, mas o poema lido de baixo a cima ainda é mais emocionante.Admiro teu jeito de brincar com as palavras, já disse?Beijo doce, ótima semana a você!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s