“Fim de Expediente” (20/06/2011)

A vida é boa
Esse toque de sol no rosto
A gargalhada depois do choro
As flores no jardim
Esse sorrir sozinho
A janela de esperança
O suspiro que ainda acredita
Essa brisa de fim de tarde
O aconchego da alma
O sonho que descansa
Esse céu avermelhado
A sombra do que somos
O horizonte infinito
Esse respirar em paz
Aceitar nossas culpas
Perdoar em nossos abraços
Esse olhar a se perder
Sem pedir muito
Algo para chamar de paz

Ass: Danilo Mendonça Martinho

11 comentários em ““Fim de Expediente” (20/06/2011)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s