“Brilho da Noite” (09/03/2011)

Há quanto tempo não me caia uma estrela. Fazia já meses que a luz se perdia na escuridão, mas hoje me cercaram. Queria poder registrar sua presença para quando minha procura for vã ainda assim te achar. Mas tu é sombra, esconderijo de desejos. Brinca com intensidades, desaparece com sentimentos. Tu és parte misteriosa da noite e mesmo sabendo que tudo pode levar, abri-te os braços. Abdiquei de instantes por teu olhar, para descobrir que senti tua falta. Ah, estrela qualquer que me observa sem palavras, já te conheço e sei que cai sem nomes, mas bem que em algum dia poderia me procurar.

Ass: Danilo Mendonça Martinho

12 comentários em ““Brilho da Noite” (09/03/2011)

  1. Quando olhares o Céu à noite eu estarei habitando uma delas, e de lá estarei rindo; então será, para ti, como se todas as estrelas rissem. Desta forma, tu, e somente tu, terás estrelas que sabem rir! [P.Príncipe]Beijos Danilo!=)

    Curtir

  2. “Te desejo Nesta SemanaPaciência para as dificuldadesTolerância para as diferençasBenevolência para os equívocosMisericórdias para os errosPerdão para as ofensasEquilíbrios para os desejosSensatez para as escolhasSensibilidades para os olhosDelicadezas para as palavrasCoragem para as provasFé para as conquistasE amor para todas as ocasiões…”Bjos de boa semana.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s