“Independência” (18/07/2010)



Não deixe minha solidão invadir tuas palavras
Não deixe meu coração pesar na tua consciência
Não deixe minha razão acordar teus sonhos
Não deixe meu abraço privar tua liberdade
Não deixe meus olhos fecharem teu horizonte
Não deixe minha poesia desarmonizar tua canção
Não deixe minha emoção transbordar tua sensatez
Não deixe minha tristeza roubar teu sorriso
Não deixe minha alegria impedir o teu choro
Não deixe meu futuro na frente do teu presente
Não deixe meu medo ser motivo do teu adeus
Não deixe meu silêncio calar tua verdade
Não deixe meus passos desviarem teu caminho
Não deixe minha essência ofuscar a tua estrela
Mas permita, apesar de todo amor e toda dor
Um “sim” qualquer

Ass: Danilo Mendonça Martinho

2 comentários em ““Independência” (18/07/2010)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s