“Omissão” (03/01/2012)

Você é minha palavra em silêncio
Não conheço significado
Foge toda vez que tento
Temo que nunca volte
Mesmo assim me rodeia
Não quer virar esquecimento
O mundo jamais te assustou
Muito menos os julgamentos
A liberdade te prende
O que fará longe do coração?
Sabe muito bem teu propósito
Descobriu, talvez cedo demais
Nasceste amor…
Nada te calará

Ass: Danilo Mendonça Martinho

15 comentários em ““Omissão” (03/01/2012)

  1. Porque quando nascemos amor vivemos inteiros ainda que doa de vez em quando. Talvez essa seja a liberdade que me prende: Amar e pronto!Beijos, poeta! E que 2012 seja pleno e poético. Que em 2012 o amor prevaleça. E que tudo de melhor lhe aconteça…

    Curtir

  2. Que a felicidade te acompanhe sempre e que ela seja sua companheira constante no decorrer desse Ano de 2012.Sigamos avante, para o alto e com um sorriso no rosto! Paz e luz.E já no final dessa primeira semana de Ano Novo.Desejo um feliz e abençoado final de semana.Vou continuar te seguindo e te amando sempre.Beijos no coração.EvanirSeus poemas são lindos palavras doces que sai do fundo da sua alma.Eu amo poesia.

    Curtir

  3. Nossa que lindo!Aliás o blog como um todo é um encanto,incrível como a amor diz tanta coisa só de estar no peito da gente.Parabéns pelo blog e espero que possas vir conhecer também o meu.Abraço e um final de semana belo,=)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s