“Um inteiro de amor” (25/11/2011)

Seguro meu terço
Junto minhas mãos
Ainda sinto teu cheiro
Que agora se espalha pelo cobertor
Teu beijo deu ritmo ao meu coração
Teu carinho aconchegou minha alma
Tornas-te meu amanhã improvável
Assim me devolveu a chance
Construí-lo próximo da felicidade.

Não estou aqui para promessas ou pedidos
É nossa essência que vai assumir a possibilidade
O romance é nosso leme
Quero ir de encontro ao que sinto
Este gosto por quere-te
Todo resto fica bem simples

Concedida a graça do nosso encontro
Resumo essa prece
A um sorriso.

Ass: Danilo Mendonça Martinho

13 comentários em ““Um inteiro de amor” (25/11/2011)

  1. A gratidão é postura da Alma na prece que reconhece as cores, o fruto e até mesmo o inverno, quando nas mãos se carrega apenas a semente. A graça é o encontro da terra, da chuva, e do amanhã. Há de se colher sorriso, mesmo depois do por-do-sol.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s