"Meu Vazio" (15/10/2010)

Não há memória no verso
Não há história na fala
Não há passado no olhar
Não há romances nos silêncios
Não há estrelas cadentes no céu
Não há praias desertas
Não há companhia ao pôr-do-sol
Não há beijos memoráveis
Não há abraços de despedida
Não há por quem chorar
Não há saudade para sentir
Não há palavras de amor
Não há para quem ligar
Não há para onde fugir
Não há como não sentir
Não há uma realidade sequer
Não há música
Não há paisagem
Não há momento
Não há…você.

Ass: Danilo Mendonça Martinho

4 comentários em “"Meu Vazio" (15/10/2010)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s