“Jogo Perigoso” (04/05/2010)



Não conheço tuas regras
Não reconheço teus sinais
Não entendo o que me pede
E talvez não seja capaz

Já declamei ao pé da janela
Já precipitei intimidades
Já esperei até não poder mais
E ainda não sei do que é capaz

Queria roubar tua essência
Queria misturar nossos braços
Queria distrair nossa razão
E ser capaz de te conquistar

Mas desisti dos jogos
Mas derrubei as máscaras
Mas abri mão dos sonhos
Incapaz de viver em ilusão

Se pensas que não reparo
Se achas que te ignoro
Se preferes fingir a acreditar
Será capaz de um romance?

Eu entro no teu jogo
Eu dispo os sentimentos
Eu entrego a verdade
Sou capaz de tudo por você

Ass: Danilo Mendonça Martinho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s