“Obrigado pela compreensão do ponto final” (25/09/2009)



Jamais imaginei poemas que causassem lágrimas
Jamais me coloquei entre os grandes
Jamais me considerei, além, do que mais um
Mas como queria ser teu agora
As linhas limitadas me ameaçam
Não sobrou quase nada de você
Não comprei a eternidade quando pude
Fiquei com a esperança que é de graça
E continuo a virar as páginas
Procurando uma alternativa para o fim
Mas também sei que não posso parar
Espero que guarde e carregue boas verdades
Cuidei da poesia, cuide dos seus leitores
Somos seres finitos eu e você
Já me encontraste chorando de peito aberto
Já me encontraste vencido a meia luz
Sempre me deixaste sorrindo
Então façamos outra vez
Vamos entreolhar as palavras escolhidas
Vamos respirar fundo por uma linha

Vamos ficar com a certeza de que fomos grandiosos

Ass: Danilo Mendonça Martinho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s